top of page
Bruna Menezes.png

No universo da arte, há histórias que transcendem o tempo e o espaço, deixando um legado que ecoa mesmo após a partida dos artistas. É o caso de Bruna Menezes, uma jovem talentosa cujo falecimento precoce não impediu que sua voz fosse ouvida. Quatro anos após sua partida, sua mãe, Lidiane Menezes, lança um livro póstumo, Mais um grito (Brilho Coletivo; 2024), compilando os principais trabalhos artísticos de Bruna. Esta é a história de uma jornada de amor, luto e perseverança.

Bruna Menezes, estudante de Artes Visuais na Universidade Federal do Amapá - Unifap, era mais do que uma jovem talentosa; ela era uma alma profundamente conectada à sua expressão criativa. Muito cedo, Bruna já demonstrava sua paixão pela arte, desenhando e escrevendo poemas que capturavam a essência de sua alma sensível. Sob o pseudônimo "Unka", seus trabalhos eram uma manifestação de sua visão única do mundo.

"Sua essência artística era marcada pela intensidade, expressando sentimentos avassaladores, paixões não correspondidas e o processo de autodescoberta, especialmente em relação à sua homossexualidade. Ela colocava toda essa intensidade em suas poesias e desenhos, que eram impactantes e reflexivos", afirma Lidiane.

Captura de tela 2024-03-28 175234.png
mais.um_edited.jpg

A vida de Bruna foi tragicamente interrompida aos 21 anos de idade, quando ela sucumbiu a uma batalha contra a leucemia. Mas sua voz continuou a ecoar através de suas criações artísticas. Seus desenhos, muitas vezes melancólicos, transbordavam emoção, enquanto seus poemas tocavam os corações daqueles que os liam. Era como se Bruna tivesse encontrado na arte uma forma de imortalidade, transcender as limitações do corpo e da vida terrena.

"Testemunhar a continuidade do legado artístico de Bruna após sua partida foi surpreendente para mim", afirma Lidiane. "Renasci ao me deparar com mais de

300 poemas escritos por ela durante o período de luto, em meio à pandemia de 2020. Encontrei paz ao organizar e ler seus poemas, escritos em diários e folhas soltas, e desde então tenho trabalhado para transformá-las em um livro de poesia", recorda. "Ao olhar para aquela caixa, decidi que os poemas e a arte da minha filha não deveriam permanecer guardadas, pois a arte deve ser conhecida e compartilhada. Estou compartilhando suas palavras e sua bela arte com outros, pois seria egoísmo deixar essa riqueza oculta em uma gaveta. Faço isso por mim e principalmente por ela, que não teve a oportunidade de desenvolver sua carreira artística neste mundo", reflete Lidiane, emocionada.

Após anos de trabalho árduo e dedicação, Lidiane Menezes conseguiu realizar um sonho compartilhado com sua filha: publicar um livro que imortalizasse sua arte e poesia. Mais um grito é mais do que uma simples coleção de trabalhos; é um testemunho do talento, paixão e sensibilidade de Bruna Menezes.

Lidiane conta como foi o processo de compilação do material para o livro: "Apesar da minha formação em sociologia, lidar com a técnica e os aspectos artísticos das poesias da Bruna é um desafio totalmente novo. Encontrei uma editora em São Paulo, a Brilho Coletivo, para concretizar esse projeto, que vai além de um simples livro. É uma maneira de eternizar a Bruna como uma artista completa, apresentando seus poemas e sua arte ao mundo", afirma Lidiane. "Esse projeto

Captura de tela 2024-03-28 230050.png

também representa minha resiliência como mãe, enfrentando um luto difícil que se tornou uma doença. Agora, após quase quatro anos desde sua partida, encontrei um equilíbrio emocional que me permite trabalhar nesse projeto com dedicação. É como se estivesse dando à luz a esse livro, após nove meses de trabalho intenso. Este projeto simboliza o renascimento, tanto para mim quanto para a Bruna como artista neste plano terreno".

Captura de tela 2024-03-28 233625.png

O lançamento de Mais um grito não é apenas uma celebração da arte de Bruna, mas também um tributo ao amor inquebrável entre mãe e filha. Este evento será uma oportunidade para amigos, familiares e admiradores da arte de Bruna se reunirem para honrar sua memória e celebrar seu legado duradouro.

O lançamento acontece no próximo dia 10 de abril, às 18h, no Bar do Villa, em Macapá.

Comentários (6)

Guest
Apr 13

Muito obrigada pelas lindas palavras. É um conforto e um reconhecimento da arte de Bruna. Quem lê ou pretende adquirir o livro, lá eu conto dessa trajetória de Muito amor de minha única filha e minha artista. Tudo isso só aquece meu coração ♥.

Obrigada pelo carinho da revista, amei tudo que foi dito sobre o legado da nossa Artista. Ela viveu no anonimato durante sua curta passagem nesse plano , porém, minha minha é dá visibilidade a arte de Bruna e tudo de bom que ela fez aqui.

Convidam vcs a seguir a página do livro no Instagram @mais.um.grito e reserve seu livro e que as poesias de Unka possa tocar seus corações com muito amor.

Pq ela era intensidade

Pq suas poesias tocam alma das pessoas.

Pq ela era a Bruna apaixonada

Curtir

Guest
Apr 11

Parabéns, Lidiane.

Não tive a oportunidade de conhecer a Bruna, mas agora estou amando conhecê-la através dessa obra que sei é uma de muitas que virão.


Curtir

Guest
Apr 11

Unka é uma artista que virou estrela no céu e ontem 10.04.24 no lançamento de sua obra póstuma teve sua renascença e ao mesmo tempo a eternidade, virou estrela na terra na sua terra natal.

A publicação de um um livro eterniza a memória do autor. A obra é linda! Leia MAIS UM GRITO! Parabéns LidianeMenezes pela força e ousadia do amor.

Curtir

Guest
Apr 11

Amei os poemas. Lindos e reflexivos.

Curtir

Guest
Apr 10

Emocionante. Me faltam palavras.

Ana Anspach

Curtir

Guest
Apr 09

Parabenizo a Lidiane Menezes pela produção desse livro, foi uma árdua e dura missão para ela, mas também como ela diz, " foi a sua salvação ".

Curtir
bottom of page