top of page
Buscar
  • Foto do escritorSilvio Carneiro

Primeira Feira de Literatura Afro-amapaense promove inclusão e visibilidade





Em um marco histórico para a cultura do estado do Amapá, a Prefeitura de Macapá, em parceria com o Instituto Municipal de Política de Promoção de Igualdade Racial (Improir), realiza a primeira edição da Feira de Literatura Afro-Amapaense. O lançamento oficial do evento aconteceu na quinta-feira, 9 de maio, em um coquetel no Centro de Cultura Negra do Amapá, antigo UNA, às 8h.


A cerimônia de abertura foi repleta de atividades culturais, incluindo apresentações de Voz e Violão, dança de grupos de Marabaixo e um café da manhã especial, durante o qual foram anunciados os artistas literários que participarão da feira. Este encontro inicial destacou a importância dos griôs, figuras ancestrais fundamentais na preservação e transmissão da cultura afro-brasileira, especialmente na escrita e literatura.


A feira, marcada para o dia 24 de maio, acontecerá na Praça Santuário Nossa Senhora de Fátima, no bairro Santa Rita, das 15h às 21h. Este evento, pioneiro na região, tem como principal objetivo dar visibilidade às obras de escritores afrodescendentes do Amapá, promovendo assim a valorização da arte literária local com um recorte histórico da literatura afro-brasileira.


Ao todo, 21 autores terão a oportunidade de expor e vender suas obras, proporcionando ao público uma imersão na rica produção literária do estado. Além das obras literárias, a feira contará com uma variedade de apresentações culturais, rodas de conversas e exposições de artesanato afro, criando um ambiente vibrante e inclusivo para celebrar a diversidade cultural do Amapá.


"Este é um momento crucial para reconhecermos e valorizarmos a contribuição dos escritores afrodescendentes para a nossa cultura. A feira não é apenas um espaço de exposição, mas também um local de encontro e diálogo, onde histórias e tradições são compartilhadas e preservadas," afirmou Cimone Reis, coordenadora da pasta de empreendedorismo.


A iniciativa da Prefeitura de Macapá e do Improir reflete um esforço contínuo para promover a igualdade racial e a inclusão cultural, oferecendo uma plataforma significativa para que vozes muitas vezes marginalizadas possam ser ouvidas e apreciadas.


O evento promete ser uma celebração vibrante da cultura afro-amapaense, e todos os moradores e visitantes são convidados a participar. A Feira de Literatura Afro-Amapaense é um passo importante para a construção de uma sociedade mais inclusiva e consciente da riqueza cultural que a diversidade traz.


Para quem deseja prestigiar e apoiar os autores locais, a programação do dia 24 de maio é imperdível. Não perca a chance de mergulhar na literatura afro-amapaense, conhecer talentos locais e celebrar a cultura do Amapá em uma atmosfera de aprendizado, troca e reconhecimento mútuo.


Venha fazer parte deste momento histórico e contribua para a valorização da nossa identidade cultural!

113 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page