top of page
Buscar
  • Foto do escritorSilvio Carneiro

Inauguração da Biblioteca Antônio Alduafram: Um Novo Espaço de Leitura na Escola Eliana Flexa



Nesta sexta-feira, 1° de março, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Eliana Flexa, localizada no bairro Jardim Felicidade I, em Macapá, celebra a inauguração da Biblioteca Antônio Alduafram. O evento marca a conclusão de um projeto de extensão coordenado pelo Prof. Dr. Osmando Jesus Brasileiro, da Universidade Estadual do Amapá (UEAP).

 

Durante várias semanas, os alunos da UEAP se dedicaram à arrecadação de livros, estantes, tatames e outros materiais para a biblioteca, além de catalogar e organizar os livros doados. A biblioteca recebe o nome do professor Antônio Alduafram Rodrigues de Sousa, um educador dedicado que lecionou por muitos anos na escola Eliana Flexa e faleceu em 2023.

 

A família do professor Antônio fez uma generosa doação à escola, que incluiu a biblioteca pessoal do professor, composta por 15 caixas de livros, duas estantes de madeira e vários materiais artísticos. A iniciativa, intitulada "Andar Entre Livros: Biblioteca Prof. Antonio Alduafram R. de Sousa e a Leitura na Escola Eliana Flexa", visa não apenas montar a biblioteca, mas também envolver a comunidade escolar em atividades literárias e culturais.

 

O projeto conta com a parceria da UEAP e oferece aos estudantes universitários a oportunidade de participar na organização dos livros, na estruturação da biblioteca e na elaboração de um memorial sobre o professor Antônio e sua doação. Além disso, eles trabalharão com os alunos da escola Eliana Flexa, desenvolvendo competências relacionadas à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), como pensamento crítico, comunicação, empatia e leitura.

 

O projeto também tem como objetivo criar espaços de leitura e oferecer um ambiente tranquilo e produtivo para os alunos, muitos dos quais não têm acesso a livros e materiais de leitura em casa. A iniciativa busca despertar o protagonismo dos estudantes, articulando o saber científico e o saber popular, em um trabalho social que promove a democratização e a autonomia universitária. O projeto está aberto à participação de até 50 alunos de qualquer licenciatura em Letras que desejem contribuir para essa causa nobre.

 

A inauguração da Biblioteca Antônio Alduafram é um convite aberto a todos que desejam tornar esse dia ainda mais especial. Venha celebrar conosco este marco na educação e na cultura de Macapá.





84 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page