top of page
Buscar
  • Lulih Rojanski

II Flimac: Literatura e Amazônia, territórios e saberes

Atualizado: 31 de out. de 2023


O Coletivo Juremas e a Associação Oi Noiz Aki realizam, no período de 03 a 07 de outubro, o II Festival Literário de Macapá, com o objetivo é celebrar a literatura e a arte, reunindo talentos locais para compartilhar obras e expressões artísticas, e assim estimular a produção artística, literária, cultural, intelectual e editorial do Estado do Amapá de forma gratuita.

Em 2022, foi promovida a primeira edição do Flimac com uma programação intensa e itinerante, levando mais de 80 artistas amapaenses de diversos segmentos para escolas, áreas periféricas, universidades e conjuntos habitacionais.

Este ano o evento terá o Prêmio Flimac de Poesia, que vai selecionar 30 escritores locais para compor o livro “Amapá 80 anos: A pátria das águas”.

A coordenadora do festival, Carla Nobre, explica que este ano o evento busca incentivar ainda mais a participação de escritores locais em eventos como esse. “O Prêmio Flimac de Poesia é mais uma ação para reforçar a importância da leitura literária na formação integral de cada pessoa. A literatura colabora para a expansão de experiências e contribui para o desenvolvimento de diferentes formas de expressão. Além disso, a nossa comunidade macapaense precisa ter acesso a eventos como este, sair de seus territórios cotidianos e ressignificar a vida através da arte”, afirma Carla.

Para participar, basta realizar gratuitamente a inscrição do poema com o tema “Amapá 80 anos: A pátria das águas” através de formulário online para avaliação da comissão julgadora até as 23h59 do dia 28 de setembro. Cada candidato poderá submeter apenas um poema, inédito, de sua própria autoria.

É importante que os candidatos se atentem ao regulamento do evento para confirmação de preenchimento dos pré-requisitos de participação.

A premiação dos poemas selecionados deve ser realizada em outubro. Além dos 30 autores selecionados para compor um livro, também serão premiados os três melhores poemas escritos e os três poemas mais bem interpretados. Já o lançamento do livro deve ocorrer em 2024.


Fonte: Diário do Amapá

30 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page